Resenha: Por Lugares Incríveis de Jennifer Niven

55060_gg.jpg

Violet Markey tinha uma vida perfeita: amigos populares, um namorado lindo, um futuro estudando escrita em Nova York e várias ideias para revista online que dividia com sua irmã Eleanor. Mas todos os seus planos deixaram de fazer sentido quando as duas sofrem um acidente de carro e apenas Violet sobrevive.

Sentido-se culpada pela morte da irmã, Violet para de escrever, se afasta de todos e tenta descobrir como seguir em frente.

Theodore Finch encarna um personagem diferente a cada semana – Finch anos 80, Finch Fodão, Finch largado – e sempre faz o que dá na telha. Essa personalidade imprevisível não raro acaba lhe trazendo problemas, e logo que ele se torna o esquisito da escola, perseguido pelos valentões e chamado de “aberração” por onde passa. Para piorar, o garoto é obrigado a lidar com longos períodos de depressão, um pai violento e apatia do resto da família.

Enquanto Violet conta os dias para o fim das aulas, quando poderá ir embora da cidadezinha onde mora e aplacar o luto que sente pela ausência da irmã, Finch pesquisa diferentes métodos de suicídio e imagina se conseguiria levar algum deles adiante. Em uma dessas tentativas, ele vai para o alto da torre do sino da escola e, para a sua surpresa, encontra Violet, também prestes a pular.

Um ajuda o outro a sair dali, e essa dupla improvável se une para fazer um trabalho de geografia: visitar os lugares incríveis do estado onde moram. Eles vão até o ponto mais alto de Indiana, a um  parque de bibliotecas que funcionam dentro de trailers antigos, a uma lagoa que dizem não ter fundo, a montanhas-russas construídas por um senhor viciado em adrenalina, entre vários outros locais grandiosos e pitorescos. Nessas andanças, Finch encontra em Violet alguém com quem finalmente pode ser ele mesmo, e a garota para de contar os dias e passa a vivê-los.

Resenha

O livro trata um assunto pouco explorado na literatura YA (jovens adultos): O suicídio. Além de abordar o luto, e outras questões como a depressão em jovens.

Partindo da experiência da própria Jennifer em lidar com esses temas ainda na adolescência, o livro surgiu como a leitura que ela gostaria de ter feito durante esse período conturbado de sua vida.

Após poucas páginas já estava imerso na vida dos personagens, me envolvi com os dramas, por um momento me senti parte daquele mundo, como se fossem amigos meus. A escrita da autora é bastante fluída, por isso a leitura é rápida.

O livro alterna entre capítulos do ponto de vista de Finch e Violet, tornando ainda mais interessante a história.

Quando o livro já estava próximo do fim, tive uma ligeira ressaca literária, o que atrasou minhas leituras seguintes. Fiquei pensando no rumo que tomou a vida de cada personagem, e acabei me apegando aos seus sentimentos e torcendo para que seus problemas fossem resolvidos.

Tive a oportunidade de participar a um bate-papo com a autora quando ela esteve em Belém o que acrescentou ainda mais a minha experiência de leitura, pude saber suas inspirações para o livro e seus próximos projetos.

Estou ansioso para ler outros livros da autora.

 

Anúncios

10 comentários Adicione o seu

  1. Literatura Blogger disse:

    Difícil um livro juvenil falar sobre esse tema, mas reconheço a importância! Não conhecia o livro, vou procurar para comprar. 😉

    Curtido por 1 pessoa

  2. Livros e Séries disse:

    Vai virar filme em breve!!

    Curtido por 1 pessoa

  3. Livros News disse:

    Já tinha visto o livro, mas não fazia ideia do que tratava, fiquei bem interessado em ler!

    Curtido por 1 pessoa

  4. Young Ad disse:

    THEO FINCH!

    Curtido por 1 pessoa

  5. Literaturando disse:

    Não conhecei o livro, mas achei interessante. Lerei com certeza!

    Curtido por 1 pessoa

  6. London Book Review BR disse:

    Somos todas apaixonadas pelo Finch!

    Curtido por 1 pessoa

  7. Blog Book Review Ok disse:

    Finch!!

    Curtir

  8. Com essa resenha fiquei ansiosa para lê-lo. 🙂

    Curtido por 1 pessoa

    1. Fico feliz! O livro é fantástico! Depois diga o que achou. 😉

      Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s