IX Feira do Livro da Praça da República

14316929_319283115091316_4218868190025461142_n.jpg

14225596_319281718424789_2035220255779719409_n.jpg

13958098_1778876465715635_4051506897947947585_o.jpg

14344208_319279495091678_5670222838644919099_n.jpg

Livros ao acesso de todos, preços convidativos, possibilidade de fazer novos amigos e ainda ganhar um dinheirinho. Com essa combinação a Feira do Livro da Praça da República chega a sua 9ª Edição e vem agradando cada vez mais o público.

Falei com o organizador da feira Thyago Santos, que respondeu algumas perguntas sobre o evento:

1- Como surgiu a ideia de fazer a Feira do Livro?

Thyago Santos:

Bom. a ideia principal da feira do livro nasceu em um grupo online do Facebook  chamado “Venda ou troca de livros em Belém”.

Um membro do grupo, chamado Leonardo Uliana, teve a ideia e fez uma postagem sugerindo aos membros do grupo fizéssemos um encontro onde fosse possível vender e trocar livros entre nós mesmos, para facilitar as vendas.

Eu era membro assíduo do grupo e sei da dificuldade de vender e trocar livros na cidade. As pessoas combinam na internet e marcar encontros em locais públicos com outros leitores para efetuar a venda/troca do livro,gastando tempo e recursos financeiros.

Devido a isso, a postagem teve bastante repercussão, creio que mais de 100 comentários aprovando, dando idéias. Eu e o Leonardo organizamos assim a primeira feirinha.

O Grupo online “Venda ou troca de livros em Belém” ainda mantém parceria conosco na divulgação, afinal o evento nasceu de lá.

2- Como foi a evolução da feira, da primeira edição para essa? O que mudou?

Thyago Santos:

Muita coisa mudou da primeira feira para a nona.

A primeira feirinha deu muito poucas pessoas, acredito que umas vinte no máximo. Temos poucas fotos, mas lembro que o dia foi satisfatório, conversamos bastante e vendemos também, pois a praça estava cheia e havia sempre muitos transeuntes que vinham olhar a exposição e comprar livros conosco.

Nessa primeira feira não usamos autorização alguma. Eramos tão poucos que passávamos despercebidos. E essa foi a unica feira ao qual conseguimos tirar uma foto oficial do evento com TODOS os membros. pois a partir dela o crescimento foi exponencial.

Como a demanda de pessoas participativas cresceu na feira fomos obrigados a solicitar autorizações de órgãos públicos. Então começamos a nos organizar melhor.

Hoje em dia (na nona feira) não podemos nem contar a quantidade de pessoas que participam do evento, apenas sei que são centenas, sem contar a quantidade de livros expostos. Tem leitor que leva mais de 50/100 livros sozinho!

Atualmente a própria feira paga a autorização dos seus eventos. cada membro ajuda com uma moeda e fazemos uma coleta para o financiamento.

3- O que tem sido vendido na feira?

Thyago Santos:

Os gêneros que mais aparecem e que são mais comprados na feira são os Best-Sellers, os clássicos da literatura nacionais e internacionais, e diversos outros gêneros. Até mesmo escritores locais de Belém do Pará aproveitam o evento para divulgar seus livros e isso é ótimo, nessa ultima feira o escritor Igor Quadros estava lá entre os leitores divulgando seus dois livros de ficção do gênero terror/horror.

Já vi amigos encontrarem livros raros e edições antigas muito boas (como uma edição do Alcorão em árabe) a preços incríveis. E além de livros a feira também reúne uma galera que curte ler historias em quadrinhos, mangás, Graphic novels. realmente não dá pra definir mesmo, aparecem livros de todos os tipos por lá.

4- Que conselho você dá a outras pessoas que pensam em fazer algum projeto ou evento como o seu?

Thyago Santos:

Eu diria para aqueles que querem fazer projetos assim, que acreditem que é possível. No inicio sempre é difícil e parece que não vai dar certo, mas é possível sim.

Só não faça nada sozinho, encontre pessoas que sonhem com você e que acreditem na ideia. Tudo fica mais fácil quando se encontra pessoas pra sonhar junto e somar.

A feira só deu certo pois pessoas começaram a acreditar e ajudaram sempre no que foi possível. As mídias sociais como o Facebook e o Whatsapp são ferramentas ótimas para encontrar e reunir essas pessoas. Sem o Facebook não teria como divulgar essa ideia da feira. Então use essas mídias em seu proveito, crie paginas, crie grupos, faça amizades verdadeiras, agregue e faça acontecer.


Links de pessoas e grupos citados:

Leonardo Uliana

https://www.facebook.com/leonardo.uliana1?fref=ts

 Grupo: Venda ou troca de livros em Belém (atualmente com 10.725 membros)

 https://www.facebook.com/groups/251460968309439/?fref=ts

Thyago Santos

 https://www.facebook.com/Thyago.Santos20

Igor quadros
https://www.facebook.com/igor.quadros.3

Feira do livro (pagina oficial)

https://www.facebook.com/feiradolivronapracadarepublica/

 Feira do livro na praça da republica (grupo online do facebook)

https://www.facebook.com/groups/FeiradolivronaPracadaRepublica

 

Anúncios

7 comentários Adicione o seu

  1. Cristina disse:

    Eventos assim são inspiradores! Parabéns aos envolvidos!

    Curtir

  2. Criando Arte disse:

    Nossa que show!! orgulho de ter eventos assim em Belém!!

    Curtir

  3. Livros e Séries disse:

    Ótima chance de comprar bons livros!

    Curtir

  4. A feira tinha livros excelentes a preços muito atrativos! Belém precisa de mais iniciativas como essa!

    Curtir

  5. Livros News disse:

    Quando as pessoas se envolvem em ações assim todos ganham!

    Curtido por 1 pessoa

  6. Young Ad disse:

    Muito inspirador!

    Curtido por 1 pessoa

  7. Literaturando disse:

    Muito boa a iniciativa!

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s