As Crônicas de Gelo e Fogo: O Rei Aerys II Targaryen era mesmo louco?

Aerys_II_Targaryen_Amoka.jpg
Aerys II Targaryen (por Amoka)

Aerys II foi o Rei de Westeros antes de Robert Baratheon e morreu sendo considerado louco. Suas ações foram responsáveis pela queda da família Targaryen e sua quase extinção. Pretendo analisar brevemente os acontecimentos de sua vida.

Juventude

Como costume da família Tagaryen, ele era filho de um casal de irmãos, chamados Jaehaerys e Shaera. Nasceu em Porto Real em 244 DC e ainda na infância fez amizade com Tywin Lannister, um jovem pagem que era herdeiro de Rochedo Casterly. Outra amizade importante de sua infância foi seu primo Steffon Baratheon, que era o herdeiro de Ponta Tempestade. Os três jovens se tornaram inseparáveis.

Nota: O sistema de contagem de anos em Westeros “DC” é contado após a invasão e conquista Targaryen, ou seja significam “Depois da Conquista”.

Casamento

Ainda em sua adolescência, casou-se com sua irmã Rhaella Targaryen, a pedido de seu pai Jaehaerys, que estava motivado pela interpretação de uma profecia, que dizia que um príncipe prometido nasceria dessa união. Sor Barristan Selmy que esteve presente na união, notou que não havia afinidade entre os dois noivos (Acredita-se que Rhaella estava apaixonada por outra pessoa).

Aerys_wedding.jpg
Aerys II e Rhaella durante o casamento, conforme percebeu Sor Barristan, não havia afinidade entre os noivos.

Solarestival

Marc_Simonetti_The_fire_at_the_summer_palace.jpg
O Incêndio de Solarestival e o nascimento de Rhaegar (obra de Marc Simonetti)

No ano de 259 DC aconteceu um fato que mudaria o rumo da família Tagaryen, enquanto se hospedavam na casa de verão em Solarestival (Summerhall) houve um incêndio de grandes proporções, que resultou na morte do Rei Aegon V (Avô de Aerys II) e de seu filho mais velho, chamado Duncan Targaryen. Assim o pai de Aerys II, que era o segundo filho, foi coroado Rei Jaehaerys II. No mesmo dia da tragédia, ocorreu o aguardado nascimento primogênito de Aerys II, chamado de Rhaegar.

Rei Aerys II

Aerys_twoiaf.png
Rei Aerys II

Aerys II passou a ser próximo da linha de sucessão, e em 262 DC, com a morte de seu pai, assumiu o trono de ferro. Tinha intenção de ser um dos maiores soberanos da história de Westeros. Nomeou seu amigo Tywin Lannister como a Mão do Rei e substituiu muitos dos antigos membros da corte de Porto Real.

Tywin_and_Aerys.jpg
Aerys II e Tywin Lannister como Mão do Rei

Durante a vista do Lord de Winterfell Rickard Stark a Porto Real, em 264 DC, o Rei sugeriu a construção de uma nova muralha ao norte da atual, e as novas terras retiradas dos selvagens, seriam de sua propriedade. Em 265 DC após um reclamações da sujeira e do fedor em Porto Real, Aerys II sugeriu a construção de uma nova cidade de mármore. Em 167 DC, após uma disputa com o Banco de Ferro de Bravos, disse que construiria uma frota de navios de deixaria o Titã de Bravos de joelhos. Enquanto visitava Dorne em 270 DC prometeu que seria construído um canal subterrâneo que transformaria que floresceria os desertos de Dorne.

Enquanto o Rei tinha planos que não eram práticos, ou mesmo chegavam a ser realizados, o jovem Tywin Lannister destacava-se como Mão do Rei. Dentre seus muitos feitos, ele favoreceu o comércio, puniu aqueles que enganavam o povo (com a venda de pão adulterado com serragem por exemplo) e não tardou a surgirem rumores por Westeros de que era ele que realmente governava e não o Rei.

Durante os 17 anos que seguiram ao nascimento de Rhaegar, a rainha teve problemas em ter outros filhos. O que levou o Rei a desconfiar que o motivo da morte dos bebes era na verdade culpa de um suposto caso extraconjugal da Rainha. Por terem somente um filho, ordenou que o jovem príncipe Rhaegar fosse vigiado dia e noite, nem a Rainha tinha permissão de ficar a sós com o filho. Nem os presentes que foram mandados de todos os cantos devido ao seu nascimento escaparam da crescente paranoia do Rei, foram todos queimados, temendo que pudessem causar algum dano ao seu filho.

A relação entre Tywin Lannister e o Rei ficou cada vez mais delicada, em 263 DC quando se casou com Joanna Lannister que até então era dama da Rainha, Aerys que tinha uma paixão secreta por Joanna, chegou a dizer que era uma pena que ter sido abolida a prática do Rei ter a primeira noite da noiva. Em outra ocasião, já após o nascimento dos filhos gêmeos de Tywin, o Rei chegou a perguntar se amamentar dois filhos não estragaria seus seios.

Desafio de Valdocaso

Após o Senhor de Valdocaso recusar-se a pagar impostos, O Rei que estava decido a resolver a situação sem a participação de Tywin, tentou negociar a situação sozinho e acabou sendo aprisionado por Lord Denis Senhor de Valdocaso. A situação chegou a um impasse, quando Tywin tentou atacar o local com seu exército, mas conteve o ataque após ameças de Lord Denis, que disse que iria matar o Rei, caso o ataque ocorresse. O cativeiro durou seis meses. O Rei foi finalmente salvo, após Sor Barristan conseguir invadir o local clandestinamente e resgata-lo. O feito lhe rendeu o apelido Sor Barristan, o Ousado.

Marc_Simonetti_ARIS_with_Darklinami_and_Hollardami.jpg
Após o resgate do Rei, todas as pessoas das duas casas envolvidas foram executadas.

Este episódio foi decisivo para a cisão entre o Rei e Tywin, ao qual o Rei culpava juntamente com o seu filho Rhaegar de conspirar para tirá-lo do trono. Chegou a ponto de não permitir lâminas em sua presença, com medo que fosse morto, por isso é retratado com barbas e cabelos (e unhas!) grandes, pois não permitia que as cortassem.

Após a liberação do Rei houve o retorno de Steffon Baratheon a corte, em que posteriormente foi anunciado que ele iria a Volantis conseguir uma esposa de “sangue Valiriano” para casar com Rhaegar. O que nunca aconteceu, e ocasionou a morte de Steffon e de sua esposa em um naufrágio, enquanto seus filhos pequenos Stannis e Robert observavam. O plano seria nomear Steffon Mão do Rei e futuramente executar Lord Tywin, mas com a morte de Steffon, não se concretizou.

Outra pessoa que teve papel importante na possível loucura de Aerys II, foi o eunuco chamado Varys, que foi trazido a corte, e foi nomeado mestre dos sussurros e membro do pequeno conselho. O jovem Varys também era conhecido por ter muitos contatos em todos os lugares, o que resultava em informações frequentes de descontentamento do Rei. Após saber dessas possíveis e crescentes ameaças, o Rei ficou cada vez mais descontrolado.

Rebelião de Robert e sua Queda

Em 281 DC O Rei voltou a deixar a Fortaleza Vermelha, para comparecer a um torneio em Harrenhall após o conselho de Varys de que Rhaegar usaria o torneio para tomar o trono. No mesmo torneio Rhaegar desapareceu com Lyanna Stark, desencadeando os eventos que dariam início a Rebelião de Robert (que irei abordar em outra postagem em breve).

Rhaegar_twoiaf.jpg
Rhaegar

O fim de Aerys II foi dramático, temendo finalmente perder a coroa para o grupo liderado por Robert Baratheon, e com a cidade cercada pelo exército Lannister, planejava utilizar fogovivo caso a cidade fosse tomada, matando cerca de meio milhão de pessoas e destruindo a cidade. Foi impedido por Jaime Lannister, que ao perceber a movimentação do piromante que utilizaria o fogovivo, o matou. Seguindo para sala do trono, matou Aerys II com sua espada, enquanto o Rei ordenava que Jaime matasse o próprio pai.

tumblr_o7ywjpQK2m1s9bcqro1_500.gif
Aerys II na Série da HBO
fire.gif
Fogovivo
Jaime_Aerys_Michael_Komarck.jpg
Jaime após matar Aerys II

Rhaella conseguiu fugir com seu segundo filho Viserys, ao chegar em Ponta Tempestade, ocorreu o parto de Daenerys que casionou a sua morte. As duas crianças foram levadas para Essos para escapar da ira de Robert, que havia sido coroado Rei.

A vida trágica do Rei Aerys II ocasionou muitos problemas que ainda estão longe de serem resolvidos durante os primeiros cinco livros das Crônicas de Gelo e Fogo. Agora me digam vocês nos comentários, o Rei era ou não louco? Em breve farei mais postagens sobre a família Targaryen e outros temas relacionados ao rico universo criado por George R R Mattin. Então não deixem de se inscrever e de acompanhar o blog nas redes sociais. Até a próxima!

 

 

 

https://www.instagram.com/antoniopimenta86/

https://www.facebook.com/antoniopimentablog/

PicPay: antoniopimenta86

Anúncios

2 comentários Adicione o seu

  1. Mário Cláudio disse:

    caramba!!! não sabia dessas coisas! muito bom! aguardando as próximas postagens.

    Curtido por 1 pessoa

    1. Que bom!! Ainda teremos muito sobre as Crônicas de Gelo e Fogo por aqui! 😉

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s