Eu também Me Chamo Antônio

wall_1920_08.png

Antes de começar a apresentar a obra e um pouco mais sobre o autor, gostaria de contar um caso interessante. Quando coloquei na minha conta do Instagram uma foto de um dos guardanapos que deram origem ao sucesso “Eu Me Chamo Antônio”, recebi algumas mensagens de pessoas dizendo “Sou muito fã do seu trabalho Antonio!” ou “Adoro seus desenhos”. Achei cômico pensarem que eu era “O Antônio”. Talvez até seja as vezes, me identifico muito com alguns pensamentos do personagem. Falar de amor, saudades e de sentimentos envolve cada um de nós.

Ah, e vocês não imaginam a surpresa que tive quando descobri que o autor se chamava Pedro Gabriel (mais detalhes ao longo do post). Para mim o personagem e o autor eram a mesma pessoa, na verdade talvez até sejam. Antônio passou a ser cada um de nós, mesmo nos chamando Pedro, João ou Maria.

Vamos aos livros lançados:

Eu Me Chamo Antônio

61Ng0ywsrpL

Sinopse fornecida no site Amazon BR:

Antônio é o personagem de um romance que está sendo escrito e vivido. Frequentador assíduo de bares, ele despeja comentários sobre a vida — suas alegrias e tristezas — em desenhos e frases escritas em guardanapos, com grandes doses de irreverência e pitadas de poesia. Antônio é perito nas artes do amor, está sempre atento aos detalhes dos encontros e desencontros do coração. Quando está apaixonado, se sente nas nuvens e nada parece ter maior importância, e, quando as coisas não saem como esperado, é capaz de enxergar nas decepções um aprendizado para seguir adiante. Do balcão do bar, onde Antônio se apoia para escrever e desenhar, ele vê tudo acontecer, observa os passantes, aceita conversas despretensiosas por aí e atrai olhares de curiosos. Caso falte alguém especial a seu lado (situação bastante comum), Antônio sempre se acomoda na companhia dos muitos chopes pela madrugada.

A mente por trás de Antônio é Pedro Gabriel. Em outubro de 2012, ele inaugurou a página Eu me chamo Antônio no Facebook para compartilhar o que rabiscava com caneta hidrográfica em guardanapos nas noites em que batia ponto no Café Lamas, um dos mais tradicionais bares do Rio de Janeiro. Em seu primeiro livro, Pedro apresenta histórias vividas por seu alter ego, desde a cuidadosa aproximação da pessoa desejada, o encantamento e a paixão, até o sofrimento provocado pela ausência e a dor da perda. Os guardanapos que inspiram milhares de pessoas na internet agora estão reunidos numa caprichada edição, novo lançamento da Intrínseca.

“Um dia, os guardanapos serviram somente para limpar a boca. Depois, passaram a ter a função de anotar telefones, rabiscar ideias e mandar recados para a pessoa da mesa ao lado, no bar. Hoje, o papel fininho está famoso na internet graças a Eu me chamo Antônio.” Marie Claire

91YyqpO6JXL.jpg

Segundo Eu Me Chamo Antônio

914qYOhuU3L.jpg

Sinopse fornecida no site Amazon BR:

Alter ego do autor Pedro Gabriel, Antônio é personagem de um romance que ainda vai ser escrito. Enquanto não ganha as páginas, ele expressa, entre um chope e outro, seus sentimentos em ilustrações feitas em guardanapos de papel. Em Segundo – Eu me chamo Antônio , além de frases irreverentes e poéticas, o personagem abre para o mundo as páginas do caderno em que escreve fragmentos de textos – alguns de seus pensamentos mais profundos – e explora sua criatividade brincando com frases e esboços rabiscados nervosamente. A arte de Pedro Gabriel expande-se para além dos guardanapos em ilustrações inéditas que pontuam essa nova obra.

Com Eu me chamo Antônio (2013) , seu livro de estreia, Pedro Gabriel transferiu para as livrarias o sucesso que conquistou nas redes sociais. Ele conta com mais de 800.000 fiéis seguidores no Facebook e 500.000 no Instagram, desde que começou a divulgar na internet suas criações feitas com caneta hidrográfica.

Com mais de 150.000 exemplares vendidos em menos de um ano, Eu me chamo Antônio foi um dos maiores sucessos entre os livros nacionais lançados em 2013.

Centenas de seguidores engajados costumam comparecer aos eventos literários de que participa.

Além de mostrar sua arte em guardanapos, Pedro Gabriel agora apresenta textos em prosa poética e explora novas técnicas, como xilogravura, nanquim e colagem.

91AA0RlPtgL.jpg

Ilustre Poesia. Eu Me Chamo Antônio

51r+7RmWDIL.jpg

Sinopse fornecida no site Amazon BR:

Antônio é um personagem de um romance que ainda está para ser escrito e que, entre um chope e outro, despeja frases e desenhos em guardanapos no bar que frequenta. Pedro Gabriel é autor da página Eu me chamo Antônio, no Facebook e no Instagram, que reúne as divagações e os rabiscos de seu alter ego . Antônio pertence à ficção e conquistou mais de 1 milhão de seguidores na internet. Pedro, por sua vez, consolidou seu espaço na literatura com dois best-sellers: Eu me chamo Antônio(2013) e Segundo (2014). Em Ilustre Poesia , seu terceiro livro, fantasia e realidade colidem. Criador e criatura dialogam por meio de palavras e ilustrações.

Desta vez, Antônio procura escapulir do confinamento nos quadradinhos de papel dos guardanapos e ganhar a liberdade. Ao mesmo tempo, Pedro Gabriel explora galáxias, as profundezas do mar e os confins da terra em textos de prosa poética que podem ser lidos como uma espécie de correspondência com o personagem. O senso de humor, a irreverência e o gosto pelos trocadilhos são compartilhados pelo personagem e seu poeta.

A relação entre Pedro Gabriel e Antônio começou há quatro anos no balcão do Café Lamas, um dos mais tradicionais do Rio de Janeiro. Pedro costumava passar as noites tomando chope e escrevendo em guardanapos com caneta hidrográfica. Um belo dia, ocorreu-lhe a ideia de fotografar suas criações e compartilhá-las no Facebook. O sucesso foi imediato. Em poucos meses, ele havia se transformado numa verdadeira celebridade da internet.

91jR35PgqwL.jpg

 

Ainda não leu Eu Me Chamo Antônio?

Ainda não leu Segundo Eu Me Chamo Antônio?

Ainda não leu Ilustre Poesia. Eu Me Chamo Antônio?

foto-autor2.jpg

Sobre o Autor:

Pedro Gabriel nasceu em N’Djamena, capital do Chade, em 1984. Filho de pai suíço e mãe brasileira, chegou ao nosso país quando tinha 12 anos. A adaptação à língua portuguesa foi bastante difícil e exigiu muita observação tanto dos sons quanto da grafia das palavras, um dos motivos para que Pedro desenvolvesse um talento raro para escrever. É formado em publicidade e propaganda pela ESPM-RJ.

Fonte: http://intrinseca.com.br/eumechamoantonio/

tumblr_o6j0nwyS8d1rid4sdo1_1280.jpg

Quer conhecer mais sobre a vida e obra de Pedro Gabriel?

https://www.instagram.com/eumechamoantonio/

https://www.facebook.com/eumechamoantonio

http://eumechamoantonio.tumblr.com/

wall_1920_09.png

Ah. não se esqueçam de se inscrever no blog e até a próxima!

https://www.instagram.com/antoniopimenta86/

https://www.facebook.com/antoniopimentablog/

tumblr_oqk703GTAj1rid4sdo1_1280.jpg

Anúncios

1 comentário Adicione o seu

  1. Ellen disse:

    Muito legal! Adorei! 👏🏼👏🏼👏🏼

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s