Podemos voar como Peter Pan?

Mary-Blair-Peter-Pan-Peter-Pan-and-Tinker-Bell-Concept-Art-Walt-Disney-1953.jpg

Para a maioria de nós, o primeiro contato com a história do menino que não queria crescer, aconteceu ao assistir a versão animada da Dinsey (1953). Imagino que quando vocês lerem o livro, irão imaginar os personagens como nos desenhos. Entretanto, antes da estréia do filme, outras gerações de crianças e adultos já ficavam maravilhadas com as aventuras de Peter e intrigadas com as entrelinhas contidas no livro (ou na peça de teatro).

No ano de 1897 o escritor James Barrie partia para mais um passeio matinal com seu cachorro, um São Bernardo chamado Pothos, quando encontrou três crianças. George, John (chamado de Jack) e o bebê Peter que passeavam com sua babá Mary. A medida que os encontros no parque passaram a ser frequentes, as crianças eram entretidas com histórias e com brincadeiras feitas por Barrie. O filme “Em Busca da Terra do Nunca” (2004) retrata esse período. Para muitos a criação do personagem surgiu através das histórias contadas para os três irmãos (mais tarde seriam 5, Michael nasceu em 1900 e Nicholas em 1903).

O que poucos talvez saibam, é que o próprio autor veio de uma família com muitos irmãos, e contava histórias como uma maneira de chamar um pouco de atenção para si. Quando ele tinha apenas seis anos, seu irmão mais velho que ia completar 14 anos no dia seguinte, decide patinar no gelo, mas acaba morrendo devido a uma fratura no crânio ao ser empurrado por um amigo. Ele foi a primeira criança que não cresceu.

Com experiência do autor e o convívio com a família Davies, aos poucos uma história começou a ser moldada. O personagem criado por Barrie pode ser lido e entendido como uma história para entreter crianças, mas se for analisado de maneira mais minuciosa (aqui farei de forma breve) podemos perceber que na verdade ele é bem mais que uma criança que sabia voar e vivia em um lugar de faz de conta.

e35e6337b30da94f0252945e345ed066--peter-pan-and-tinkerbell-disney-peter-pans.jpg

Sobre a habilidade de voar de Peter temos uma explicação muito interessante, que varia de acordo com o livro, filme ou peça. Peter chega a dizer que crianças são como pássaros, mas que os pais não as deixam voar (ele escapou cedo) então manteve a habilidade. Com a popularização da história, o elemento do pó de fada se tornou indispensável para a realização do voo, principalmente após algumas crianças sofrerem acidentes testando se ainda teriam tal habilidade. Ah, e não podemos nos esquecer dos pensamentos “felizes” ou “maravilhosos” dependendo da versão. No filme “Hook” (1991) Peter já não era capaz de voar por não conseguir ter pensamentos felizes. Quantos de nós seriamos ainda capazes de voar?

O pó de fada é obtido através da fada Tinker Bell (Sininho), mas como Peter explica no livro exitem muitas outras fadas, mas nem tantas como deveriam existir pois toda vez que uma criança diz “Eu não acredito em fadas” um fadinha morre. Gosto de como autor explora esse conceito, afinal todos nós quando crianças, tínhamos certo orgulho em “descobrir” o que era real e o que era imaginação ou criação. Ainda sobre Sininho, temos o fato dela sentir ciúmes de Wendy e quase ter ocasionado a morte da menina em uma ocasião. Segundo é explicado no livro as fadas são pequenas, então ou são boas ou más, alternando entre uma coisa e outra, não cabendo em seu pequeno corpo as duas coisas ao mesmo tempo.

Outro ponto  que me chamou atenção ao ler o livro foi a “Terra do Nunca” presente na imaginação dos três irmãos (Wendy, John e Michael Darling) mesmo antes da aparição oficial de Peter a eles, cada um sonhava com um lugar, inclusive Wendy afirma para a Sra. Darling sua mãe que Peter já havia visitado a casa uma vez, deixando folhas próximo a janela. Fiquei intrigado em saber que a mãe já ouvira histórias sobre Peter, talvez uma maneira de simbolizar a liberdade autonomia que todas as crianças desejam ter dos pais.

Lembram do cachorro do autor Pothos? Na história ele aparece na figura de Nana a babá das crianças, inclusive Nana é dos meus personagens favoritos, chegando a dialogar em alguns momentos, mistura características de um fiel cachorro ao raciocínio humano (apesar do Sr. Darling brincar com isso logo no início do livro).

Não pretendo me alongar muito, nem cobrir todos os pontos do livro, pois pretendo ainda fazer outras postagens sobre a “Terra do Nunca” e seus habitantes, inclusive o Capitão Gancho. Adianto que para um criança que cresceu na Era Vitoriana, era comum fantasiar sobre índios da América do Norte e sobre Piratas (anos depois dando espeço aos heróis mascarados e com poderes). Wendy é outro personagem que merece uma postagem no blog, devido a sua importância na história, se vocês tiverem interesse deixem nos comentários sugestões de temas que queiram saber mais.

Alguns já devem estar pensando que não respondi o questionamento que coloquei no título da postagem, isso é verdade, mas a minha resposta não afeta a nenhum de vocês. Então eu pergunto a cada um”Podemos voar como Peter Pan?” Entendam que aqui não me refiro a habilidade de tirar os pés do chão. Será que teríamos pensamentos felizes para voar a nossa Neverland? E para provocar um pouco mais a todos os leitores, outra pergunta “Quantas Sininhos já morreram por deixarmos de acreditar que algo seria possível?” 

The 1954 Broadway Musical
(A foto utilizada como imagem destacada é da atriz Mary Martin que interpretou Peter Pan na década de 50, caso vocês estejam se perguntando, o personagem já foi interpretado por diversas mulheres, mas isso daria um post muito curioso e guardarei para outro momento)

Espero que essa postagem tenha gerado curiosidade e sirva como convite para conhecer a obra original, ou ver os filmes e peças derivados.

Ainda não leu Peter Pan? Clique nas capas:

 

 

 

Ah. não se esqueçam de se inscrever no blog e até a próxima!

https://www.instagram.com/antoniopimenta86/

https://www.facebook.com/antoniopimentablog/

david hall-peter pan.jpg

Fontes consultadas:

https://en.wikipedia.org/wiki/Peter_Pan

https://en.wikipedia.org/wiki/Peter_and_Wendy

https://en.wikipedia.org/wiki/J._M._Barrie

https://en.wikipedia.org/wiki/Sylvia_Llewelyn_Davies

http://www.heraldscotland.com/news/12469608.Tragedy_behind_Neverland__did_JM_Barrie_cause_brother_apos_s_death_/

2552.jpg

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s